Britney Spears de volta ao urban pop em "Pretty Girls" com Iggy Azalea
Criatividade3.8
Instrumental7.1
Letra7.1
Vocal8.2
6.6Overall Score

Britney e Urban combinam. Pharrell Williams e Chad Hugo descobriram isto com “I’m a Slave 4 U” e deixaram como legado para os produtores dos próximos álbuns da lenda do pop.

Três deles conseguiram aplicar a fórmula de maneira brilhante: Bloodshy & Avant (dupla), Danja e Tricky Stewart, que até então criaram as melhores músicas de Spears. Aquelas em que os vocais dela estão mais claros e as batidas com simples e maravilhosos sons industriais, que transformariam como mágica qualquer galpão abandonado numa pista de dança.

Porém, na tentativa de fazer um som cada vez mais ‘maduro’ e diferente do anterior, esta essência vem sendo perdida nos últimos discos de estúdio da cantora de “Me Against the Music”.

“Pretty Girls”, com Iggy Azalea, tenta botar a princesa do pop novamente no jogo do Urban Pop. Ela foi produzida pelo trio The Invisible Men, que nunca trabalhou com Britney antes e também ainda não tem muita experiência no mercado musical norte-americano além de “Fancy”, também de Iggy e o grande hit de 2014.

O que eles fizeram aqui foi praticamente replicar a tendência sonora que “Fancy” iniciou e sim, vai dar certo dependendo da divulgação. Britney voltou a se encontrar e Iggy conseguirá o que quer: continuar a tocar muito nas rádios dos EUA. Todos saem ganhando!

Mas se quiserem ser bons candidatos a produzir o próximo álbum de Britney, o trio The Invisible Men precisa parar de rotear “Fancy” e explorar um pouco mais o que Pharrell e Chad deixaram claro lá em 2001 que seria o rumo da loirinha.

Se continuar assim, acredite, em pouco tempo você não vai mais aguentar ouvir canções como esta.

Britney - Urban

Leave a Reply

Your email address will not be published.

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu